Sindicato das Seguradoras
31 3271.0770

Optar por aquele posto que está com o combustível abaixo da tabela pode não ser uma boa ideia. A economia em curto prazo tende a pesar no bolso mais tarde. Os riscos de abastecer o carro com combustível adulterado não estão só no desgaste do motor e no prejuízo com a manutenção. Há também perigo de explosão ou incêndio.

Diante da realidade do brasileiro, que diariamente mal tem tempo para abastecer, o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) traz dicas de como escolher o melhor local para encher o tanque do carro.

A mais importante delas é escolher postos credenciados com bandeiras. Além disso, é sempre bom ver se os preços estão bem expostos e legíveis, bem como o quadro da Agência Nacional do Petróleo (ANP) com a razão social do estabelecimento.

Outra dica é verificar se a bomba está zerada. Observe os valores durante o abastecimento. Caso desconfie do posto, que pode estar vendendo combustível adulterado ou usando  bomba baixa – fraude que faz com que o consumidor pague mais e leve menos -, denuncie o estabelecimento à ANP. Veja como fazer a denúncia aqui.

Veja abaixo mais dicas para abastecer com segurança:

– é preciso estar atento e respeitar as indicações de segurança expostas nos postos: não fumar, não falar ao celular e nem deixar o veículo ligado, além de tomar o cuidado de não entrar e sair do carro durante o abastecimento, pois as batidas de porta podem gerar faíscas.

– Em pé do lado de fora do veículo, libere a eletricidade estática acumulada tocando em qualquer parte da lataria. Os vapores dos combustíveis são altamente inflamáveis, mesmo em pequenas quantidades, então evite riscos.

– Após o abastecimento, verifique se a tampa de combustível está fechada corretamente.

– Ao dirigir-se ao posto para abastecer o veículo, aproveite para fazer a calibragem dos pneus do seu veículo e verificar itens como nível do óleo, a água, entre outros.

– A segurança é uma responsabilidade do condutor que pode, com comportamentos preventivos e adequados, ampliar a proteção de todos.

Matéria publicada no portal R7.

Ano

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER E OUTRAS NOVIDADES