Sindicato das Seguradoras
31 3271.0770

Dia 22 de abril de 2010 foi realizada a solenidade de posse da nova diretoria e do conselho fiscal do Sindicato das Empresas de Seguros Privados, de Previdência Complementar, de Capitalização e de Resseguros nos Estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e do Distrito Federal (Sindseg MG/GO/MT/DF) para o triênio 2010-2013. Luciano Macedo de Lima, que substituiu Alberto Continentino em setembro de 2008, foi reeleito presidente da entidade.

Luciano Lima iniciou o discurso agradecendo a Alberto Continentino, a quem chamou “nosso eterno presidente”. “Ele deixou plantado neste sindicato a semente da boa convivência, do bom relacionamento e, principalmente, do profissionalismo”. O presidente reeleito do Sindseg afirmou que dará continuidade à política de defesa do mercado segurador junto aos órgãos de imprensa, buscando sempre a parceria com os sindicatos de corretores e demais entidades representativas da classe.

Luciano Lima destacou conquistas importantes no ano de 2009 como a reforma do Sindicato e a finalização da sala de videoconferência. Lima ressaltou a relevância de programas como o “Educar para Proteger”, que desenvolveu oficinas pedagógicas sobre o tema “prevenção” junto a cerca de 5 mil jovens de dezenas de escolas públicas e particulares de Belo Horizonte. Ele falou também sobre o programa “Pátio Seguro”, fruto de parceria com a Fenaseg e Governo do Estado de Minas Gerais, através da Polícia Civil. “Desde o início de sua existência, em maio de 2008, foram recuperados cerca de 8 mil veículos, sendo que 7,8 mil foram restituídos aos seus proprietários”, completou. E agradeceu a presença e destacou a importância de Dr Oliveira, chefe do Detran, para o sucesso do programa.

Ao final do discurso agradeceu aos profissionais do Sindseg e enfatizou a importância de se continuar o trabalho. “Quero deixar registrada a certeza de que vamos trabalhar para um mercado cada vez melhor, mais sério e, principalmente, um mercado de seguros em que as pessoas que nele atuam sintam orgulho, que aquelas que nele se protegem sintam tranqüilidade e que as pessoas que ainda não o utilizam, sintam essa necessidade”.

Representantes

José Arnaldo Rossi, representando o presidente da Cnseg, Jorge Hilário Gouvêa, proferiu o discurso de abertura da solenidade. Ele desejou estímulo e empenho à nova diretoria e ressaltou alguns dos grandes desafios do mercado segurador no Brasil. “Existe uma série de apólices que, uma vez adotadas, resolveriam diversos problemas da sociedade brasileira”, disse.

Dorival Alves de Sousa, presidente do Sincor-DF, ressaltou a reciprocidade e parceria entre o Sindseg e Sincor-DF. “Isso facilita nosso contato com o mercado bem como nossas reivindicações junto às seguradoras”, afirmou. Ele disse que as duas entidades devem alertar o corretor sobre a importância da reciclagem profissional e da participação em treinamentos e palestras. “Temos como um dos principais desafios fazer com que o mercado seja cada vez mais reconhecido e buscar o reconhecimento e valorização dos corretores. E para isso, podemos contar com o apoio dos senhores seguradores e do Sindseg”.

Roberto Silva Barbosa, vice-presidente da Fenacor, defendeu a convivência harmônica e produtiva entre as duas categorias e também destacou a importância de se valorizar o corretor. “Não é possível expandir mercado sem investir nestes profissionais”, disse. Segundo ele, a nova diretoria deve ter objetividade e focar o mercado. “O mercado de seguros desenvolve-se através de carteiras de seguros. É importante conhecer o perfil da carteira de Minas Gerais. Nossa infra-estrutura econômica é bem metalúrgica e também somos um estado agropecuário. É essencial achar o foco, trabalhar com afinco e desenvolver o mercado”.

Maria Filomena Branquinho, presidente do Sincor-MG, falou sobre os desafios e responsabilidades da gestão dela e de Luciano Lima à frente do Sincor-MG e Sindseg, respectivamente. “Nós dois somos privilegiados e temos uma responsabilidade enorme. Privilegiados porque suceder o doutor Alberto Continentino e o senhor Roberto Barbosa é uma honra para poucos e nós conseguimos ser essas pessoas. Durante anos os dois desenvolveram parceria exemplar no mercado nacional e nós teremos de dar continuidade”, defendeu.

Ano

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER E OUTRAS NOVIDADES