Sindicato das Seguradoras
31 3271.0770

Os seguros de pessoas, que incluem seguros de vida, de acidentes pessoais, viagem, educacional, entre outras modalidades de proteção, registraram no terceiro trimestre deste ano R$ 7,73 bilhões em prêmios (valor pago pelos segurados para contratação de coberturas para seus riscos pessoais), consolidando alta nominal de 5,3% frente aos R$ 7,34 bilhões verificados nos primeiros três meses do ano anterior. Os dados são da FenaPrevi, entidade que representa 67 seguradoras e entidades abertas de previdência complementar no país.

O resultado foi o melhor da série histórica do ano. No primeiro trimestre, o segmento havia registrado expansão de 2,97% frente ao ano anterior. No segundo, o crescimento foi de 4,39%. “Há uma melhora do ânimo que vem ocorrendo desde o início de 2016”, analisa Edson Franco, presidente da entidade.

Na análise de desempenho por modalidade de produto, o seguro de vida, que representa o maior volume do segmento, registrou prêmios de R$ 3,3 bilhões, correspondendo a aumento de 6,7% em relação ao terceiro trimestre de 2015.

Já o seguro prestamista, segunda maior carteira do segmento, que cobre o pagamento de prestações do titular da apólice em caso de morte, invalidez ou perda involuntária do emprego, registrou recuo de 4,3% em relação ao acumulado de 2015, movimentando R$ 1,8 bilhão em prêmios

De acordo com o levantamento da FenaPrevi, o seguro de acidentes pessoais, que oferece coberturas em caso de morte e invalidez permanente (total ou parcial) e outros riscos causados por acidentes involuntários, provocando lesões físicas ou até mesmo falecimento, obteve alta de 5,4% no terceiro trimestre de 2016 e acumulou R$ 1,3 bilhão.

O seguro educacional, impulsionado pelo receio das famílias quanto à capacidade de fazer frente aos custos de educação dos filhos, teve forte expansão: 71,9% com prêmios da ordem de R$ 12,3 milhões.

O balanço da federação mostra que o auxílio funeral registrou R$ 120,7 milhões em prêmios, representando alta de 25,0% em relação aos R$ 96,6 milhões contratados no terceiro trimestre de 2015.

Resultado acumulado – Janeiro a Setembro

De janeiro a setembro de 2016, o valor pago pelos segurados para contratação de coberturas para seus riscos pessoais foi de R$ 22,75 bilhões, alta de 4,17%, em relação aos R$ 21,84 bilhões registrados no mesmo período de 2015.

title

Resultado Mensal – Setembro

Já no mês de setembro, o valor pago pelos segurados para contratação de coberturas para seus riscos pessoais foi de R$ 2,55 bilhões, resultando na mesma arrecadação registrada em setembro de 2015, embora tenha havido crescimento expressivo do valor dos prêmios relacionados aos ramos Educacional e Funeral.

title

Fonte: CNSEG

Ano

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER E OUTRAS NOVIDADES