Sindicato das Seguradoras
31 3271.0770

O mês de outubro é dedicado à conscientização e à prevenção do câncer de mama. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse é o tipo mais comum da doença, já que 12% dos 20 milhões de diagnósticos de câncer em todo o mundo são de mama. No Brasil, a estimativa é que sejam descobertos mais de 60 mil novos casos apenas este ano.

Diversos fatores comportamentais e hereditários podem contribuir para o aparecimento da doença. Obesidade, sedentarismo, tabagismo, uso de contraceptivos e histórico familiar são alguns deles.

Tem cura

O tratamento pode ser longo e o seu sucesso depende da fase em que ele for detectado. Afinal, quanto mais cedo for identificado, maiores são as chances de cura. Por isso, é fundamental contar com acompanhamento médico regular, principalmente após os 50 anos.

Mas é importante lembrar: bons hábitos de vida em qualquer faixa etária fazem a diferença e podem diminuir em até 30% o aparecimento da enfermidade. A prática frequente de atividades físicas, a manutenção do peso adequado, a alimentação equilibrada são algumas medidas preventivas. Evitar o tabagismo e o consumo de bebidas alcoólicas também são essenciais. Às mamães, também é recomendado que amamentem os filhos o máximo de tempo possível.

Sinais de alerta

Conheça o seu corpo e saiba identificar se algo está errado. Fique atenta a sintomas como nódulos nas mamas, axilas ou pescoço; se a pele da mama está avermelhada e observe se os mamilos apresentam alterações ou secreções. Se você, homem, notar algum desses sintomas em sua parceira, incentive-a a procurar um médico imediatamente.

Ano

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER E OUTRAS NOVIDADES